Confira abaixo os indicadores relacionados a saúde mental no Brasil e no mundo.

Transtornos mentais e comportamentais respondem por 12% do impacto das doenças a nível global ,estima-se que até o ano de 2020 este percentual terá crescido em 15%.

Transtornos mentais e comportamentais são frequentes e afetam mais de 25% de todas as pessoas pelo menos em algum momento de suas vidas.

Cerca de 20% de todos os pacientes atendidos por profissionais das redes básicas de saúde (cuidados primários) apresentam um ou mais transtornos mentais.

Dentre os transtornos mais frequentes, os quais também causam incapacidade, estão os transtornos depressivos, transtornos relacionados ao uso de substâncias, epilepsia, esquizofrenia, doença de Alzheimer, retardo mental, e transtornos mentais da infância e adolescência.

Estão entre as principais causas de incapacidade no mundo os transtornos depressivos, transtornos mentais relacionados ao uso de álcool, esquizofrenia, transtorno bipolar, doença de Alzheimer e outras demências, e as cefaleias hemicranias.

2.366.353 foi o valor de benefícios e auxílios previdenciários concedidos em 2009 e dentre eles cerca de 231.250 estavam ligados a transtornos mentais do comportamento. Praticamente 10% dos benefícios concedidos são relacionados a desordens mentais, representando cerca de 4% do PIB.

Referências:
Organização Mundial de Saúde/Burden of Mental and Behavioural Disorders.
Organização Mundial de Saúde/The World Health Report.

Os comentários estão encerrados.